Serra do Roncador: Onde fica, cachoeiras, roteiros e dicas!

Barra dos Garças - Serra do Roncador

16/07/2020

A Serra do Roncador está localizada no estado do Mato Grosso, na região central brasileira e possui 800 quilômetros de extensão de mata atlântica e de vegetação de cerrado.

Esta serra se localiza exatamente entre o município Barra das Garças, que faz divisa com o Mato Grosso, e a serra do Cachimbo, do estado do Pará que igualmente faz divisa com o estado mato-grossense.

A seguir você vai conhecer mais sobre esta pouca explorada pérola brasileira condizente à Serra do Roncador, bem como informações úteis concernentes a como chegar até ela, o que fazer, quais as atrações turísticas e o que se deve ter em mente ao visita-la pela primeira vez.



Como chegar à Serra do Roncador

Estrada para Serra do Roncador Fonte: Ufos-wilson

O acesso à Serra do Roncador deve se dar pela cidade de Barra do Garças. Para isso, pode-se viajar de avião até Brasília, Goiânia ou Cuiabá e, a partir daí, realizar uma viagem de ônibus. A viagem entre Brasília e Barra do Garças é de aproximadamente 10 horas; saindo-se de Cuiabá, o percurso é de 8 horas e, de Goiânia, 5h30min.

Ainda, é possível que você vá de veículo particular ou alugado até Barra do Garças, sendo que todas as capitais acima apontadas tem trecho de ao menos 500 quilômetros até o destino final.

+ Veja também Melhores Cidades Próximas a Brasília Para Você Conhecer!

Atrativos Turísticos

São inúmeros os atrativos turísticos oferecidos pela serra mato-grossense, conforme detalharemos na sequência. Elas podem ser visitadas de forma independente ou com a contratação de um guia especializado que conhece bem a região e poderá garantir sua segurança.

Parque Estadual da Serra Azul

Parque Estadual da Serra Azul Fonte: Saibatudomt

A Serra do Roncador se inicia dos limites deste parque, que se dedica à preservação do cerrado numa área de 11 hectares que possui cavernas, trilhas, formações rochosas e cachoeiras.

+ Veja Também Saiba o Que Fazer em Nobres – MT, Aproveitando o Máximo da Viagem!

Complexo de Cachoeiras do Bateia

Cachoeira no complexo de Cachoeiras do Bateia Fonte: Facebook

Este complexo conta com cerca de quinze cachoeiras que são acessadas por meio de trilhas. Além disso, possuem escorregadores naturais e piscinas de águas cristalinas, esverdeadas e azuladas.

Junto a este complexo de cachoeiras está um cânion que pode ser admirado por um mirante presente no local.

Furna do Mineiro

Paredões de arenito na Serra do Roncador Fonte: Viajantes de primeira viagem

Ester local corresponde a um sítio pertencente a uma família tradicional local. Nele é possível se conhecer os hábitos do campo, servir-se de produtos orgânicos produzidos no local e, ainda, tomar banho em uma cachoeira situada entre paredões de arenito da cor vermelha cujas águas formam um poço calmo e disponível para nado e mergulho.

Trilhas

Pessoas fazendo trilha Fonte: Cvcbarradogarcas

São inúmeras as trilhas existentes na Serra do Roncador, as quais podem ter em seu caminho sítios arqueológicos, cachoeiras, vegetação típica do cerrado, além de belas formações rochosas. É uma bela forma de conexão com a natureza.

Duas das mais conhecidas são as do Dedo de Deus, pedra-símbolo da Serra do Roncador, e das Torres Gêmeas, que leva a um sítio arqueológico que conta com pinturas rupestres cuja origem se deu há mais de dez mil anos.

Turismo esotérico/Misticismo

Casal passeando na Serra do Roncador Fonte: Desviantes

Outro fator que move o turismo da Serra do Roncador são as lendas e mistérios que a envolvem. Foi nesta Serra que desapareceu em 1925 o famoso explorador inglês Percy Fawcett, que serviu de inspiração para o personagem Indiana Jones e procurava uma civilização terrestre perdida, os atlantes.

Além disto, lá existem diversas grutas e lagoas protegidas pela população indígena e também por órgãos oficiais. Dentre eles, a Caverna dos Pezinhos, protegida pela Aeronáutica e cuja entrada não é permitida, onde são encontrados no teto e nas paredes diversas pegadas humanas e de animais, em sua maioria com seis dedos.

Já os indígenas possuem grande atração pela Lagoa Encantada, na qual não há qualquer forma de vida e onde eles não se banham em razão do medo que possuem da caverna presente em uma das bordas da lagoa, na qual acreditam que habitam seres místicos.

Some-se a isto o grande turismo ufologista, pois existem diversos relatos de observação de extraterrestres e de objetos voadores não identificados (OVNI). Os ufologistas costuma se dirigir até a pedra do Gavião para que, à noite, sob o céu estrelado, possam observar os céus e eventualmente enxergar algum movimento ou ser estranho.

+ Veja Também Melhores Dicas de Aventura em Brotas Para Fazer no Fim de Semana!

Dicas para visitação

Serra do Roncador - Barra do Garças Fonte: Roteiros Turísticos de Mato Grosso

Conforme citado acima, a Serra do Roncador permite o intenso turismo ambiental, conhecendo-se de forma mais profunda a fauna e flora do Centro-Oeste brasileiro, as lendas brasileiras e o misticismo da região.

Caso você tenha se interessado pelos encantos deste local, é necessário tomar alguns cuidados, de forma que seguem algumas dicas àqueles que pretendem visitar o local pela primeira vez.

Primeiramente, certifique-se de levar roupas e calçados confortáveis para caminhadas, assim como água para se hidratar durante caminhadas no forte calor típico da região. Na mochila também deverão estar lanches práticos e nutritivos, protetor solar, repelentes, toalha de banho e roupa de banho para que você possa tomar banhos nas cachoeiras de forma confortável.

Também, pense seriamente em contratar um guia turístico que irá lhe auxiliar a conhecer melhor a região, assim como poderá te levar nos locais que mais lhe atraíram em meio à Serra.

É possível acampar no interior da Serra, de forma que cabe a você, caso opte por isso, levar os equipamentos necessários ao acampamento, como lanterna, carraca, colchonetes, entre outras coisas.

Com estas dicas você está pronto para conhecer a Serra do Roncador e se deliciar nos seus encantos!

Busque sua PASSAGEM AÉREA

Adultos
Crianças
24 meses à 11 anos
Bebês
até 23 meses (no colo)

Busque sua PASSAGEM DE ÔNIBUS

Busque sua PASSAGEM AÉREA

Adultos
Crianças
24 meses à 11 anos
Bebês
até 23 meses (no colo)

Busque sua PASSAGEM DE ÔNIBUS

Veja também:

Goiatuba
O que fazer em Goiatuba? Guia para você aproveitar a cidade!
Barra dos Garças - Serra do Roncador
Serra do Roncador: Onde fica, cachoeiras, roteiros e dicas!
Lagoa do Japonês
Lagoa do Japonês – Tocantins: Como Chegar, Roteiros e Dicas!
Chapada dos Veadeiros - Cidades perto de Brasília
Melhores Cidades Próximas a Brasília Para Você Conhecer!
Cachoeira na Chapada Imperial
Chapada Imperial: Um Paraíso Natural no Centro do Brasil!
Veja Todas > Booking.com
Cadastur