Estrada da Graciosa – Conheça a História, Onde Fica, Atrativos e Dicas!

Fonte: CBN Curitiba

06/08/2021

Se os seus planos de viagem associados ao Paraná, você não pode deixar de passar pela Estrada da Graciosa. Também conhecida por rodovia PR-410 que interliga Curitiba às cidades de Antonina e Morretes.

Isso porque é o local que atravessa o trecho mais preservado da Mata Atlântica do Brasil. De modo a proporcionar belas paisagens, devido às suas encostas floridas, montanhas, picos e cachoeiras presentes nos 8km de curvas sinuosas. Além da mata tropical e riachos avistados em seus 40km de extensão.

Então continue lendo esse artigo e descubra que vale a pena dirigir pela Estrada Graciosa. Percurso que leva a mais de um destino, uma nova experiência!

História da Estrada da Graciosa

Estrada da Graciosa Portal

Fonte: Agência Estadual de Notícias

A Estrada da Graciosa tem sua inauguração datada em 1873, logo após a criação da Província do Paraná, sendo nomeada de Trilha da Graciosa. Contudo, antes mesmo de sua construção, já era utilizada com certa frequência pelos indígenas da região. Já que esses a trilhavam para descer o litoral e/ou voltar em busca do pinhão das araucárias. Onde atualmente conhecemos por Curitiba. Mas que por muito tempo foi chamado de “terra de muitos pinheiros”.

Até o século XX, foi o único percurso pavimentado do estado. De maneira a ser considerada a estrada mais importante do Brasil. Uma vez que, até então, era o único acesso ao litoral do Paraná. E era o ponto de escoamento da produção de café, erva-mate e madeira do Paraná aos portos Paranaguá e Antonina. Consequentemente se tornando de extrema importância à sua economia.

Com tanta história e riqueza natural, em 1993, a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) tombou a área como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Até porque nela estão os dois parques mais marcantes do território. O Parque Estadual Roberto Ribas Lange e Parque Estadual da Graciosa.

Além disso, há uma grande diversidade em fauna e flora. E 7 recantos que facilitam o acesso de turistas e disponibilizam boa infraestrutura de lazer. Composta por mirantes, sanitários e churrasqueiras.

Onde fica

Pertencente ao estado do Paraná, Estrada da Graciosa é o trajeto entre o município de Quatro Rodas (Região Metropolitana de Curitiba) e as cidades de Antonina e Morretes. Porém, para chegar a um desses destinos, é necessário descer a Serra da Graciosa. Pois é em São João da Graciosa que o motorista define sua rota, na bifurcação PR-411 (leva à Morretes) e PR-410 (acesso à Antonina).

Para chegar ao local partindo do centro de Curitiba, indicamos seguir 40km pela rodovia Régis Bittencourt (BR-116) e entrar na saída 59. Não se engane com a placa “Estrada da Graciosa” alguns quilômetros ante. Pois essa não é o trecho turístico original.

 

+Veja também O Que Fazer em Morretes: Onde fica, Como chegar e Roteiros!

 

O que ver na Estrada da Graciosa

Assim como qualquer outra viagem, durante a passagem pela Estrada da Graciosa, é essencial apreciar paisagens às quais não estamos habituados. Já que assim estaremos absorvendo também boas memórias e energias.

Apesar disso, a rodovia PR-410 é diferente de qualquer outro caminho pavimento. Visto que oferece uma variedade de pontos turísticos e recantos. De maneira a garantir um momento único a quem a trilha. Portanto conheça a seguir algumas das principais atrações locais.

Cachoeiras, Estrada da Graciosa

Cachoeira Estrada da Graciosa

Fonte: Portal Paraná

No percurso de carro da Estrada da Graciosa o turista pode contemplar diversas quedas d’água. Mas nada comparado às suas belas cachoeiras, presentes em seus recantos. Pois, além de permitir uma admiração mais tranquila, ainda possibilita banhos ou mergulhos, dependendo do lugar.

Sendo assim, recomendamos a ida ao Recanto das Cachoeiras. Isso porque é ideal para famílias e visitantes que desejam contato com a natureza e boa infraestrutura. Uma vez que disponibiliza área para camping, churrasqueira, serviços de quiosque e várias cachoeiras em um único ambiente.

Visite também o Recanto Curva da Ferradura. Composto por duas principais quedas, uma considerada maior e mais popular. Enquanto que a outra é para quem quer mais tranquilidade, paz e sossego. Já que é mais reservada. Assim como a atração anterior, possui boa estrutura pensada no conforto dos visitantes.

Portal da Graciosa

É o primeiro ponto turístico da estrada, estando logo em sua entrada. Logo é o cartão-postal e as “boas-vindas” do percurso. Porém se engana quem acredita que apenas seu tamanho causa surpresa e encanto.

Na realidade, o Portal da Graciosa é uma arquitetura histórica que simboliza a época das missões jesuítas. Até porque o trajeto já foi trilha desses religiosos, antes da pavimentação. Devido à necessidade de chegar ao primeiro planalto paranaense.

Passeio de trem

Trem em Abismo

Fonte: Rodoferroviaria

Além de passar pela Estrada da Graciosa, por que não aproveitar o passeio de trem que interliga Curitiba à Morretes? Caso tenha interesse, se planeje antecipadamente. Pois o Serra Verde Express parte de Curitiba ainda de manhã e percorre um caminho de 4 horas e 15 minutos. E retorna no período da tarde.

Durante essa viagem, aproveite para conhecer Morretes e Antonina. E quem sabe apreciar um bom almoço típico da região, o barreado, enquanto conhece as histórias locais. Contadas por guias turísticos do trem comum (classe econômica, turística e executiva). Se preferir, ainda há a opção de luxo, funcional apenas nos finais de semana.

 

+Veja também Conheça o Passeio de Trem na Serra do Mar – Curitiba X Morretes!

 

Caminho dos Jesuítas

Também conhecido por Caminho Colonial da Graciosa, o Caminho dos Jesuítas e dos Tropeiros foi trilhado também pelos indígenas. Esse é o único trecho original preservado. De modo que ainda apresenta a estradinha de pedra construída pelos escravos entre 1820 e 1853.

Nesse trajeto é possível admirar uma grande variedade de flora e fauna. Já que tudo é muito protegido e conservado. Assim é importante se atentar e tomar cuidado com alguns animais que possam aparecer e com o caminho que possui diversos desníveis.

É a trilha ideal a quem deseja apenas caminhar ou andar de bicicleta, curtindo a natureza. Pois ao final de horas percorridas, o viajante ainda pode aproveitar os rios Cascata e Grota Funda.

Onde comer | Estrada da Graciosa

Estrada da Graciosa - Vegetação

Fonte: Conheci e Curti

Para se alimentar sem sair da Estrada da Graciosa, uma boa dica são as visitas aos recantos. Visto que neles você pode se deliciar com comidas típicas da região ou alguns pastéis com caldo de cana, vendidos em quiosques. Não bastando, que tal fazer um churrasco ou um piquenique? As áreas de lazer desses ambientes são perfeitas para a comodidade dos turistas.

Experimente, então, o barreado (popular no litoral do Paraná), doce de banana e chips de mandioca e banana. Além disso, não deixe de levar para casa uma garrafa de cachaça artesanal.

Esses ambientess possuem uma infraestrutura mais básica e ao ar live, sendo necessário o uso de repelentes. Então, se preferir um lugar mais estruturado, sugerimos que vá aos restaurantes de Morretes, Curitiba ou Antonina.

Onde se hospedar

Se hospedar próximo à Estrada da Graciosa é algo simples e satisfatório. Pois as pousadas próximas e mais recomendadas contam com bom custo benefício, wi-fi e estacionamento gratuito. Dessa forma, é fácil encontrar bons estabelecimentos em Quatro Rodas, Antonina e Morretes. Como:

Dicas para aproveitar a viagem em Estrada da Graciosa

Estrada com Pedras e Hortênsias

Fonte: Guia da Ilha do Mel

A visita à Estrada da Graciosa conta com certos pontos aos quais o viajante deve se atentar. Logo siga algumas dicas e se divirta ao máximo!

  • Dirija com cuidado e sem altas velocidades. Pois o trajeto conta com diversas curvas sinuosas e muitos motoristas tendem a dirigir mais devagar para apreciar a paisagem;
  • Vá em épocas de céu limpo, claro e evite as chuvas. Isso porque a visibilidade pode ficar comprometida pelo tempo;
  • Caso queira fazer um churrasco, no verão ou nos feriados, vá aos recantos ainda cedo. Se tarde, pode ser que não consiga utilizar a churrasqueira;
  • Leve repelente, papel higiênico e protetor solar;
  • Não se aproxime dos rios em dias de chuva. Já que ocorre o chamado cabeça d’água que pode provocar acidentes;
  • Respeite os ciclistas e a natureza. Então tome cuidado ao dirigir e jogue seu lixo em locais apropriados;
  • Aproveite a primavera. Pois é o período de floração das hortênsias. Deixando as estradas ainda mais belas, coloridas e atraentes.

 

Agora sim, faça suas malas e se prepare para mais uma viagem cheia de boas energias! Além disso, chame alguns amigos e parentes, pois essa certamente é uma boa forma de confraternização.

Busque sua PASSAGEM AÉREA

Adultos
Crianças
24 meses à 11 anos
Bebês
até 23 meses (no colo)

Busque sua PASSAGEM DE ÔNIBUS

Busque sua PASSAGEM AÉREA

Adultos
Crianças
24 meses à 11 anos
Bebês
até 23 meses (no colo)

Busque sua PASSAGEM DE ÔNIBUS

Veja também:

Fonte: CBN Curitiba
Estrada da Graciosa – Conheça a História, Onde Fica, Atrativos e Dicas!
Farol das Conchas na Ilha do Mel
7 Melhores Pousadas na Ilha do Mel no Paraná!
Cachoeira em Jaguariaíva
Jaguariaíva – PR: Onde fica, passeios, restaurantes e hospedagem!
Trem no Rio Negrinho
Rio Negrinho em SC – Roteiros turísticos para você conhecer!
Parques em Curitiba - Parque Tanguá
Conheça os 7 Melhores Parques em Curitiba Para Você Visitar!
Veja Todas > Booking.com
COVID-19

COVID-19

Saiba o que fazer em relação as suas viagens de ônibus