Paranapiacaba: Onde fica, como ir, atrativos turísticos e dicas!!

Trem de carga em Paranapiacaba

Fundada no final do século XIX, a vila de Paranapiacaba pertencente ao município de Santo André. Esta vila foi por muitos anos um ponto estratégico na construção da estrada de ferro ligando a região de Jundiaí ao porto de Santos.

Assim sendo, no contexto da construção desta estrada de ferro surge Paranapiacaba. Hoje o local é um verdadeiro refúgio turístico do estado de São Paulo. Portanto, se você quer conhecer os encantos de Paranapiacaba, confira as dicas de nosso artigo de hoje.



Onde fica e como ir

Casas em Paranapiacaba Fonte: Guia da Semana

Erguida em meio ao topo da Serra do Mar, estando localizada a cerca de 50 km da cidade de São Paulo, a encantadora vila de Paranapiacaba foi criada no ano de 1865, como base para os operários da empresa Railway, durante a construção da estrada de ferro.

A vila de Paranapiacaba é emoldurada pelas belezas naturais do Parque Municipal Nascentes de Paranapiacaba. Esta é uma área de Mata Atlântica, com cerca de 400 hectares que conserva uma importante diversidade de flora e fauna, bem como cachoeiras e trilhas ecológicas.

Mas como se dá o acesso até Paranapiacaba? Neste sentido, há algumas formas para acessar esta encantadora vila:

De trem

Através da linha nº10 – Turquesa da CPTM. Desça na estação Rio Grande da Serra, de onde parte o ônibus nº424, da empresa Viação Ribeirão Pires.

De ônibus

Embarque no ônibus da linha nº40, da empresa Viação Ribeirão Pires, no Terminal Rodoviário de Santo André.

De carro

Através da Via Anchieta, siga até o KM-29 pela pista marginal, sentido Riacho Grande. Portanto, na altura do KM-29 entre na Estrada Velha do Mar, rodovia SP-148, com sentido à Ribeirão Pires, e após isso, acesse a Rodovia Índio Tibiriçá, SP-31, até o KM-45, na alça de acesso para a Rodovia Antonio Adib Chamas, SP-122, até a cidade de Paranapiacaba.

Atrativos turísticos

Festival de Inverno

Festival de inverno em Paranapiacaba Fonte: Culturaz

O festival de inverno de Paranapiacaba reúne cerca de 100 000 turistas. Durante este evento, nem mesmo as chuvas e a névoa costumam tirar a animação dos turistas que visitam a vila.

Durante este festival, a cidade de Paranapiacaba é transformada em um verdadeiro museu a céu aberto, com as intervenções artísticas que são espalhadas pelas vielas da cidade. Além disso, há ainda diversas atrações musicais.

Casa Fox

Casa Fox em Paranapiacaba Fonte: Abc do abc

Datada do final do século XIX, a casa Fox é uma construção em estilo inglês, que foi utilizada como moradia para os operários durante a construção da ferrovia.

O nome desta icônica edificação de Paranapiacaba é dado em homenagem ao Engenheiro inglês, Daniel M. Fox, que foi o responsável por realizar os estudos para a construção da ferrovia.

Expresso Turístico

Expresso Turístico - Locomotiva Fonte: Diáriodotransporte

Partindo da Estação da Luz, pontualmente às 8:30h, em todos os domingos, o expresso turístico é uma das principias atrações de Paranapiacaba.

Este passeio, com duração de uma hora e meia, é feito em uma composição ferroviária de dois veículos de aço, que são puxados por uma locomotiva a diesel. Estes detalhes, somado ao visual da vila de Paranapiacaba, criam uma atmosfera característica dos anos de 1950.

O passeio costuma ter bastante procura nas férias e em feriados, sendo que, a passagem custa cerca de R$ 45,00 para uma pessoa e R$ 75,00 para duas pessoas.

Ao caminhar pelos vagões do expresso turístico, se ouve uma verdadeira mistura de sotaques de todo o Brasil e também, de línguas estrangeiras como alemão e francês.

Museu Castelinho

Museu Castelinho Fonte: Guia da semana

Durante a construção da ferrovia, esta edificação era utilizada como residência do engenheiro chefe da obra. Além disso, também abrigava o escritório central.

Atualmente é possível fazer uma visita guiada no museu Castelinho. As visitas acontecem aos sábados, domingos e feriados, das 10:00h às 16:00h. A entrada custa R$3,00. De terça a sexta as visitas somente são possíveis com agendamento.

Trilhas

Pessoas na Trilha da Ferradura em Paranapiacaba Fonte: Acenturebox

O parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba contém seis trilhas, com diferentes níveis de dificuldade. Por exemplo, para quem é iniciante, há a Trilha da Pontinha, que tem apenas 1 Km de extensão e seu percurso dura cerca de uma hora.

Além disso, em dias ensolarados, os aventureiros podem se banhar em piscinas naturais ao longo do Rio Grande.

Outra trilha que merece destaque é a Trilha do Mirante, que possui um nível de dificuldade maior e se estende por 1,88 Km em um percurso íngreme de pedra. No final da trilha, é possível avistar a área industrial de Cubatão e o litoral do estado de São Paulo.

Igreja Senhor Bom Jesus

Igreja Senhor Bom Jesus Fonte: Diocese de Santo André

A igreja Senhor Bom Jesus foi construída no ano de 1884, e é um dos pontos principais marcos arquitetônicos de Paranapiacaba. Uma igreja de construção simples, mas que vale a pena conhecer por sua beleza.

Estação ferroviária

Estação ferroviária - Relógio no alto do prédio Fonte: Uol

Por fim, destacamos a Estação Alto da Serra, que foi restaurada e atualmente é o ponto de desembarque do Expresso Turístico.

Na estação, vale destacar o seu icônico relógio, construído em 1898 para reproduzir o famoso Big Ben de Londres.

O prédio da estação também abriga o Museu do Sistema Funicular. Lá é possível encontrar os vagões que foram usados no período imperial para transportar D. Pedro II e trens da São Paulo Railway Company.

Melhor época para visitar Paranapiacaba

A vila de Paranapiacaba possui diferentes atrativos ao longo do ano. Mas vale destacar que as principais atrações ocorrem no meio do ano. No inverno, durante o mês de julho, a vila de Paranapiacaba fica lotada com o Festival de Inverno.

Destino favorito de muitos fotógrafos brasileiros, a vila de Paranapiacaba proporciona um ar bucólico quando cai a neblina. Isso ocorre, quase sempre, por volta das 15:00h, mesmo nos meses de verão.

Outro festival muito conhecido de Paranapiacaba é o Festival do Cambuci. Este festival ocorre em homenagem a um fruto típico da Mata Atlântica.

Onde Comer em Paranapiacaba?

Por fim, vale destacar que Paranapiacaba tem uma boa variedade gastronômica. Por exemplo, há muitos pratos com o Cambuci.

Assim sendo, durante o festival do Cambuci os turistas podem provar diversas receitas que utilizam o fruto, como: Costela suína, galinha caipira, pudim, tapioca e a famosa cachaça de Cambuci.

Além disso, bem na parte baixa da vila de Paranapiacaba há muitos restaurantes bares e lanchonetes. No local, uma dica é o restaurante Cantinho do Beija Flor, comida simples feita no fogão a lenha. O valor do prato é de R$20,00 por pessoa.

E se você gostou do nosso artigo de hoje sobre Paranapiacaba, então continue em nosso site e confira muito mais dicas.

Busque sua PASSAGEM AÉREA

Adultos
Crianças
24 meses à 11 anos
Bebês
até 23 meses (no colo)

Busque sua PASSAGEM DE ÔNIBUS

Busque sua PASSAGEM AÉREA

Adultos
Crianças
24 meses à 11 anos
Bebês
até 23 meses (no colo)

Busque sua PASSAGEM DE ÔNIBUS

Veja também:

Praia em Boiçucanga
8 Melhores Praias em Boiçucanga ou Perto Que Você Precisa Conhecer!
Pousadas em Ubatuba
5 Melhores Pousadas em Ubatuba Que Vale a Pena Reservar!
Panelas com refeições - Restaurantes de São Paulo
7 Melhores Restaurantes de São Paulo Para Você Conhecer!
Praia em Boiçucanga
Boiçucanga – SP: Onde Fica, Como Chegar e Atrativos Para Curtir!
São Sebastião - Praia
O Que Fazer em São Sebastião – Onde Fica, Como ir, Roteiros e Hotel!
Veja Todas >
Cadastur