O Que Fazer no Bairro da Liberdade? O Japão bem no centro de SP!

Bandeiras do Brasil e Japão nas ruas do Bairro da Liberdade

08/01/2019

O Bairro da Liberdade é um verdadeiro patrimônio para a cidade de São Paulo: rico em cultura oriental, ele reúne a maior comunidade asiática do país – o que dá ao visitante a chance de conhecer um pouquinho do Japão, China e Coreia sem precisar sair do Brasil.

Ir à Liberdade SP é uma viagem rumo aos costumes diferentes dos nossos, lojas com produtos que jamais conhecemos e culinária típica única!

Por tudo isso, no texto de hoje separamos algumas informações relevantes sobre o que fazer no bairro da Liberdade, com um roteiro de lugares imperdíveis para visitar! Confira!

+ Veja Também 8 Pontos Turísticos em Aparecida do Norte Para Você Visitar!

Onde fica o Bairro da Liberdade? Como chegar até lá?

Estação de Metrô do Bairro Liberdade Fonte: Blog.lelloimoveis

O Bairro da Liberdade fica na região central da cidade de São Paulo, capital do Estado. Chegar até lá é bem simples por todos meios de transporte possíveis. O Metrô é o mais barato e o mais comum e na praça central da Liberdade existe uma estação da linha Azul, a principal da cidade.

Se você vem de outros Estados de ônibus, a linha que vai até o bairro é a mesma do terminal rodoviário Tietê – sentido Jabaquara. Para quem desembarca no aeroporto, é possível pegar um ônibus ou um Uber até a estação São Judas e de lá seguir para a estação Liberdade.



O que fazer na Liberdade Sp? Como aproveitar o local?

Rico em cultura japonesa e Asiática no geral, o Bairro da Liberdade é um prato cheio para quem quer passear e curtir um dia diferente na cidade. Em relação aos roteiros, eles podem ser os mais variados possíveis – dependendo do que mais te atrai, como lojas, restaurantes e até supermercados.

Para te ajudar a definir quais são os pontos principais do bairro, separamos alguns dos que merecem fazer parte de pelo menos sua primeira visita à região. Anote!

+ Veja Também  Conheça as Principais Programações Para Você Fazer em São Paulo!

Praça da liberdade

Pessoas andando na Praça da liberdade no Bairro da Liberdade em SP Fonte: Catraca livre

A praça da Liberdade é o primeiro ponto de quem desce do Metrô. Você irá reconhecer o bairro assim que chegar – suas luminárias típicas podem ser vistas de uma distância razoável.

A praça abriga lojas e diversas barraquinhas com comidas típicas, como temakis, yakissobas e outras delicias orientais.

+ Veja Também Melhores Roteiros Para Você Fazer Próximo a Peruíbe em São Paulo!

Restaurantes da Rua Galvão bueno

Udon - Comida típica japonesa Fonte: Hashitag

Se você ama comida japonesa, a Rua Galvão Bueno reúne o melhor dessa culinária em um único lugar – e em suas paralelas. São dezenas de restaurantes típicos que vendem desde o tradicional yakissoba até os famosos Udon e o Lamén. Vale muito a pena apreciar!

+ Veja Também Os 11 Melhores Museus em São Paulo Para Você Conhecer!

Museu histórico da Imigração Japonesa

Faixada do Museu histórico da Imigração Japonesa no Bairo da Liberdade em São Paulo Fonte: Minube

O Museu Histórico da Imigração Japonesa reúne um acervo enorme que conta a história da vinda dos Japoneses no país, com fotos e itens únicos em exposição. Ele fica aberto todos os dias, porém, vale a pena verificar o funcionamento nos feriados.

O Museu fica no edifício Bunkyo e está localizado nos últimos 3 andares dele. Entre as atrações, fotos da imigração chamam a atenção e um tipo de serviço interessante aos descendentes: encontrar informações sobre sua família pelo sobrenome, através do sistema próprio do Museu.

A entrada é paga e acontecem alguns eventos durante o ano, que devem ser acompanhados pelo site oficial. Vale muito a pena ver exposições temáticas de artistas renomados que aparecem vez ou outra no Museu.

No Nono andar, o visitante pode apreciar uma obra de arte do pintor Seiji Togo: infelizmente, ele faleceu logo após finalizar a arte. Porém, deixou um enorme legado para a comunidade como um todo e presenteou o Museu com sua obra.

E, para quem ama a cultura Japonesa, um poema escrito pela própria Imperatriz Michiko do Japão, explica um pouco do sentimento que ela teve ao pisar em terras brasileiras. Segunda a Imperatriz, o Brasil é florido e alegre. Uma verdadeira homenagem aos imigrantes, que tanto sofreram para se adaptarem em um lugar diferente tão diferente e distante da sua terra Natal.

Ingresso

Visitar o Museu da Imigração é passeio imperdível e merece seu investimento. Para quem é estudante, o valor é de R$6,00 e para quem paga inteira, o valor é de R$ 12,00 – que pode ser atualizado sem aviso prévio pela direção do local.

Vale lembrar que o Museu fica aberto de terça a domingo, apenas até as 17 horas. Por isso, não deixe para visitá-lo no fim do dia – tem muita coisa para conhecer e se encantar! Nossa dica é que almoce no bairro e corra para lá!

+ Veja Também Conheça os 10 Melhores Museus em Curitiba no Paraná !

Livraria sol

Livraria sol no Bairro da Liberdade Fonte: Balaio da Dany

Os apaixonados por Mangás e gibis em Japonês vão encontrar um dos melhores acervos do país nesse sentido. Além disso, a livraria conta com diversos produtos de papelaria típica do Japão, que vão deixar os fãs apaixonados!

Vale a pena fazer uma visita preparado para gastar um pouco por lá – são centenas de exemplares e de produtos únicos. A Livraria fica na Praça da Liberdade, pertinho da estação e vive lotada!

Roteiros para final de semana

Jardim Japonês no Bairro da Liberdade em SP Fonte: Flickr

Nos fins de semana, a dica é curtir as lojas e o famoso jardim Japonês, que fica bem ao lado do viaduto principal do bairro.

Ambos abrem todos os dias desde cedo até o fim da tarde – e algumas lojas podem fechar depois das 22 horas aos sábados.

Em alguns fins de semana ocorrem festas típicas, como o Ano Novo Chinês e outras celebrações orientais.

Produtos orientais únicos

Produtos no Bairro da Liberdade em São paulo Fonte: Frontpage

Se você quer saber quais melhores produtos para comprar, saiba que essa decisão será difícil. Em alguns supermercados do bairro da Liberdade, você encontrará os típicos sushis e sashimis em caixinha, além de diversos alimentos típicos raros de achar em outro lugar do país.

Além disso, é possível conhecer várias lojas, como as de acessórios, gibis, animes e produtos de decoração. Todos eles em shoppings pequenos no Bairro ou mesmo nas lojinhas típicas pelas ruas.

Como dica, separamos um lugar incrível e imperdível: o mercado Marukai, que fica na rua Galvão Bueno, pertinho do Viaduto que liga o bairro ao centro da cidade. Por lá, você vai encontrar os mais variados produtos orientais – e vai ser difícil não ficar perdido em um verdadeiro mercado Japonês. Você vai se sentir no Japão!

Em frente ao mercado, é possível comprar produtos de beleza na loja Ikesaki ou comer um Lamén descendo a rua no famoso Aska – vamos falar dele mais abaixo!

Restaurante Aska e Restaurante Kazu

Prato típico Lámen no Restaurante Kazu Fonte: timeout

Para quem quer experimentar comida Japonesa de verdade e adora Lamén, o restaurante Aska é o mais famoso da região, com direito a filas de mais de uma hora em dias mais cheios. Por isso, a dica é dar seu nome e passear um pouco na rua até ser chamado.

O restaurante é pequeno, porém, bastante tradicional. Por lá só é servido o lamén com acompanhamentos, como o Guioza feito na hora. Vale muito a pena aproveitar a noite para fazer um passeio diferente, rumo ao pedacinho mais japonês da região.

Já se você preferir outros tipos de comidas típicas, como barcas de sushi preparadas na hora, frango xadrez ou o famoso Tempurá, o Restaurante Kazu oferece uma variedade bacana e tem menos filas. Ambos são excelentes opções e ficam pertinho das principais lojas e ruas da liberdade.

O kazu possui duas unidades: uma que serve apenas Udon e Lámen e outra que serve pratos mais sólidos. Veja o que você deseja comer e se dirija a qualquer uma delas. Os restaurantes da liberdade costumam ficar abertos até as 23 horas, porém, vale chegar por volta das 20 para aproveitar um atendimento tranquilo e sem correria! Além disso, não esqueça que o metrô encerra seu funcionamento meia-noite na maioria dos dias.

Rua do Conde de Sarzedas

Sede do tribunal de Justiça de SP Fonte: Wikipédia

A Rua do Conde de Sarzedas no Bairro da Liberdade, apesar de pouco movimentada no que diz respeito aos comércios e lojas típicas da região, tem um valor histórico alto para o bairro, já que foi uma das primeiras a abrigar os imigrantes japoneses.

Por lá, o grande e mais importante cenário é o Palacete que hoje é parte da sede do tribunal de Justiça de SP e que pode ser visitado todos os dias durante o horário comercial. Ele foi construído no século XIX e reza a lenda que havia sido uma homenagem do Conde à sua esposa.

A rua em si é pequena e foge da decoração típica da região, mas o passeio vale a pena para quem está na região e quer conhecer de perto um pouco mais da história da cidade.

Dicas do que levar para passear no fim de semana!

Depois de contar para você quais são os pontos principais da Liberdade SP, separamos algumas dicas do que vale a pena levar para curtir o dia sem problemas:

  • Dinheiro para pagamentos mais baixos e para comprar o bilhete do metrô e carteira com cartão de crédito para compras maiores.
  • Não esqueça do protetor solar em dias quentes, já que boa parte do seu passeio será pela rua.
  • Leve também, sempre que possível, o celular para fotografar tudo e se locomover de Uber.

Gostou das nossas dicas sobre o Bairro da Liberdade? Visite nosso site e saiba onde se hospedar pertinho dos principais pontos turísticos da cidade de São Paulo!

E não deixe de compartilhar nas redes sociais com seus amigos!

Busque sua PASSAGEM AÉREA

Adultos
Crianças
24 meses à 11 anos
Bebês
até 23 meses (no colo)

Busque sua PASSAGEM DE ÔNIBUS

Busque sua PASSAGEM AÉREA

Adultos
Crianças
24 meses à 11 anos
Bebês
até 23 meses (no colo)

Busque sua PASSAGEM DE ÔNIBUS

Veja também:

Valinhos
O Que Fazer em Valinhos: Onde Fica, Como Chegar e Atrativos!
Parque de Diversões em SP - Wetn Wild
Parque de Diversões em SP: Como Chegar, Ingressos e Atrações!
Obra de arte no Beco do Batman
Beco do Batman na Vila Madalena: Conheça Principais Obras de Arte!
Pessoas fazendo Trilha em São Paulo
6 Trilhas em São Paulo – Onde Ficam, Como Fazer, Atrativos e Dicas!
Fonte: SãoPaulosemmesmice
Avenida Paulista em São Paulo: 7 Melhores Passeios Para Você Fazer!
Veja Todas >
Cadastur